quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Mãe do mundo

E se minha boca fosse útero
Eu seria a mãe do mundo
Procurando em banheiro público
O pai da minha dor
De porra em porra
O pai é o mundo inteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário