domingo, 10 de outubro de 2010

Desabafo

Hum. Iniciarei essa declaração dizendo que te amo. Exijo sinceridades.
Meu melhor amigo, passei tanto tempo esperando por esse momento. Caminhando sob sombras só pra olhar cada passo, sentir cada toque e ouvir cada palavra que saía de sua boca que eu, obsessivamente, fitava descontroladamente tanto quanto o movimento de sua língua ao alisar o fundo dos seus dentes, passando entre seus lábios em instantes de infinita lentidão. Era química, era química. Esqueci-me.
Como não notou que meus olhos te comiam em câmera lenta? Como não notou que enquanto você sorria, eu fazia cenas de filmes obscenos só entre nós dois? Entre as portas do banheiro, do quarto, do elevador. Era física, era física. Esqueci-me.
Diga-me, também, como fez pra causar tanta desilusão chamando-me de amigo quando tudo que eu queria era ser seu homem, sua saída, seu calmante. Como consegue ser tão cego? Como não pôde ver meus olhos virarem gelo ao encontrarem os seus? Era matemática, era matemática. Esqueci-me.
E eu, que morava nas sombras, vim à luz só pra ver se você olha pra mim, só pra ver se você me nota e me quer como eu sou. Mas isso não basta. Nosso tempo já passou, ficou nos livros, nas cadeiras de plástico, no seu quarto. Quem sabe um dia? Agora, só tenho guardado aquele momento em que você me abraçou chorando no meio da multidão, o momento em que as coisas começaram a diminuir o ritmo, o barulho começou a sumir, meus olhos fixaram-se no teto e meu coração desapontou num ritmo tão frenético quanto a minha vontade de beijar seus lábios. Não existia mais ninguém – só eu e você. Mas era amor, era amor. Esqueci-me.

8 comentários:

  1. 'E eu, que morava nas sombras, vim à luz só pra ver se você olha pra mim'

    aw! fiquei até meio carente, sorte q já estou de saída rsrs

    escreve mais!

    ResponderExcluir
  2. Simplismente genial. Me ensine a escrever veio na moral. "tanto quanto o movimento de sua língua ao alisar o fundo dos seus dentes" ISSO É MUITO FODA!

    ResponderExcluir
  3. hahaha ah, vey... deixe dessa. valeu! :D

    ResponderExcluir
  4. Ja comentei via MSN! *,*

    ResponderExcluir
  5. Muito belo, muito belo... sei como é isso. se cuida menino <3

    ResponderExcluir
  6. a unica pessoa q escreve pra mim
    vey, so vc q sabe expressar em palavras essas coisas!
    F-O-D-A (y) #fato!

    ResponderExcluir
  7. Pessoa anônima daí de cima, se está pensando que o post foi escrito para a sua pessoa, te alerto: mero engano seu! ele realmente sabe expressar certas coisas que de certa maneira são indescritiveis... mas o que foi descrito foi coisa nossa. #fato2

    ResponderExcluir
  8. a angústia do seu personagem vira a minha angústia. ele me engana de um jeito q eu acho q sou ele e sinto minhas entranhas revirarem.
    perco a fala que nem ele perdeu. mes esqueço de tudo. é estranho demais :O

    vc é genial *__*

    ResponderExcluir